Lectio Divina - Lc 5, 12-16

O Evangelho de hoje nos faz refletir sobre a cura de um leproso.
Quando aquele homem vê Jesus, sabendo de toda a sua fama, sabendo que já tinha curado muitos outros, lança-se com a face por terra, mas coloca uma única condição. " Senhor, se queres , podes limpar-me ".
A condição para que a cura aconteça é a vontade do Senhor.
Precisamos estar atentos a vontade do Senhor. Quando estamos mergulhados em Sua vontade, tudo acontece da melhor forma possível.
Que o senhor nos conceda essa graça. A vontade sublime do Senhor é que sejamos felizes. Ele não quer o nosso mal, mas sim o nosso melhor. E as vezes para que esse melhor chegue até nós, Ele se utiliza da Sua sabedoria divina, nos podando, nos repreendendo, nos fazendo passar por diversas provações.
Mas tendo a certeza que Deus quer o melhor, e que Ele tem cuidado de nós, não temos que nos preocupar. Não podemos deixar que a graça hoje passe por nós sem nos tocar, porque estamos muito preocupados com o que virá amanhã. Para cada dia, basta sua própria preocupação.
Devemos aprender a esperar em Deus, a Sua hora. Somente o tempo pode nos purificar em nossas motivações, para que saibamos que essa é a vontade do Senhor. Somente o tempo pode cicatrizar feridas antigas e ainda abertas. Somente o tempo pode revelar toda a verdade acerca de nós mesmos, e daqueles que mais amamos.
Aprender a viver a vontade do Senhor e saber esperar a Sua hora, nos faz alcançar o melhor de Deus para nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário